Os desenhos

Os desenhos

A menina estava na sala, sentada à mesa, a desenhar. Na rua, o vento e a chuva não permitiam grandes sonhos, pelo que a menina nem se atrevia a espreitar à janela. Não podia brincar no quintal, como fazia habitualmente. Não podia andar e correr, para trás e para a frente, com o seu cão.

Não podia ir para o balanço. Estava triste por isso, mas arranjara uma boa forma de contornar a questão: fazia desenhos.

Naquela manhã, a menina acordara entusiasmada, mas assim que viu pela janela o temporal que na sua cidade se instalara, logo perdeu a ilusão de brincar no quintal.

Ao mesmo tempo que se desiludiu, resistiu à sensação, e começou a desenhar.

O motivo do desenho era simples: uma menina brincava com o seu cão num jardim, debaixo de um sol radioso.

Desde muito cedo, a menina evidenciava um raro talento para o desenho.

De cada vez que um trabalho seu era mostrado a um adulto, Continue a ler sobreOs desenhos

Cão Caolho

Cão Caolho

Ilustração criada para ser o mascote do blog “Cão Caolho”, mais tarde rebatizado de “O lado negro do Cão Caolho”. (www.caocaolho.blogspot.com) Quer uma ilustração personalizada? Entre em CONTATO.