Hoje é o grande dia.

Depois de todos os preparativos, de gastar meses empenhado em desenvolver uma narrativa interessante e coesa, investindo para tornar personagens e situações verossímeis, seguido pela difícil missão de tentar resumir tudo numa capa, aplicando o que sei e o que não sei de produção de arte, com ajuda de alguns bons amigos (Ronaldo, Admilson e Luan), mais um tempo para conseguir realizar o lançamento num lugar que fosse realmente agradável e tivesse muito a ver comigo, finalmente, hoje é o grande dia.

A grande quantidade de pessoas que deu retorno ao convite e prometeu passar por lá é um grande incentivo para continuar escrevendo e investindo numa carreira que sempre sonhei desde que aprendi a juntar letras em sílabas para formar palavras e frases: a de escritor.

E embora esteja ainda engatinhando, fico muito feliz ao poder dizer que sou escritor e que estou lançando mais um livro. É o segundo, mas é como se fosse o primeiro pra mim, já que o anterior foi uma coletânea de crônicas já publicadas, com poucas inéditas.

Trabalhei bastante, com muito gosto e dedicação, envolvi-me de verdade com a história, o roteiro, as ideias, e acredito ter realizado um trabalho bem feito, que vai agradar muita gente, proporcionando muito prazer em sua leitura, que é o principal objetivo de um escritor.

Enfim, existem muitas histórias boas para serem contadas. E esse é só o início.