Animação 2D – Roteiro

Antes de iniciar uma animação (ou qualquer outro tipo de projeto) é necessário elaborar um roteiro. Ele vai servir para indicar o rumo do projeto, deixando praticamente acertado o início, o meio e o fim, além das cenas, diálogos e indicações técnicas.

Isso não quer dizer que o roteiro tenha de ser imutável. Ele poderá sofrer adaptações ao longo do projeto devido a vários fatores, mas a idéia básica tenderá a permanecer a mesma.

O segredo para se produzir um bom roteiro é ser bastante claro na idéia que se quer passar para o espectador. O objetivo é causar algum tipo de reação no público, e para isso deve-se chamar a atenção, surpreender e emocionar a platéia.

Mas isso foge do nosso assunto do momento, afinal, não queremos falar aqui sobre o tema da história e sim sobre como produzir e trabalhar um roteiro.

Primeiro, com a ideia em mente, o recomendado é botar no papel (ou no micro, que seja) e fazer um esboço, comumente chamado de Argumento. Se você for produzir o trabalho todo sozinho (o que é pouco provável, mas possível), não vai ter maiores problemas pra partir pro roteiro detalhado. Caso trabalhe com outras pessoas, um brainstorm ou uma reunião para definir alguns detalhes da história podem ajudar.

O roteiro detalhado é um pouco mais complicado.  O ideal é detalhar cada cena, descrevendo a câmera (juro que tem um nome técnico pra isso, mas não me lembro agora e nunca fui bom para decorar esses detalhes, nem quando fiz meu curso de roteiro em quadrinhos), a posição dos personagens, o cenário e as falas (se houver) de cada um. Exemplo:

Cena 1 – Plano médio. Sala de estar. Menininha carregando seu peixinho dentro de um aquário e correndo chamando pelo pai “Papai! Papai!”.

Depois de descrever as cenas, você pode optar por fazer um storyboard, que nada mais é, falando de forma simplificada, do que um esboço em desenho da história, como uma história em quadrinhos.

Todos os passos são importantes e nos casos de roteirista e animador não serem a mesma pessoa (maioria dos casos), todos esses procedimentos ajudam a desenvolver a história conforme imaginado e de forma mais eficiente.

Clique aqui para conferir outras fases de um projeto de animação 2D.

Rabiscos semelhantes:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

%d bloggers like this: